A Pesca está a “morrer” na Grécia

Na Grécia, centenas de pescadores estão a entregar as licenças e a enviar os barcos para abate. Desde que a União Europeia ofereceu dinheiro aos pescadores para deixarem a faina, são muitos os que decidiram abandonar esta atividade.

Nos últimos 20 anos já foram destruídas mais de 5300 embarcações pesqueiras, neste país. A Agência Ambiental Europeia fala de uma diminuição critica dos stocks no Mediterrâneo e oferece entre 6 mil e 260 mil euros aos pescadores pelo abate dos barcos.

De acordo com a Euronews, muitos pescadores consideraram a compensação demasiado tentadora para ser ignorada, principalmente com a crise económica que se vive. De acordo com este website, o pescador Panagiotis Pagonis atribui a  queda de 50% da captura a uma pesca excessiva, à falta de regulamentação, à poluição e aos elevados custos operacionais.

Panagiotis Pagonis recebeu mais de 80.000€ para destruir o seu barco pois, para receberem o pagamento integral, os pescadores precisam de destruir os barcos no depósito da sucata.

O abate dos barcos de pesca produz uma reação em cascata sobre a economia local. “Eles querem parar de pescar para proteger o mar. Mas destruir barcos também nos destruirá. Isto não está certo”, diz o construtor Yannis Prasinos, à Euronews.

Fonte: Euronews

greece-2050396_960_720

Artigos relacionados

Colóquio de Pesca em Odivelas

Está a decorrer, entre os dias 18 a 27 de maio, a semana dos desporto de Odivelas, uma organização do pelouro do desporto da Câmara Municipal de Odivelas.

Programa da XV Feira de Mora a realizar-se em março

A XV Feira de Mora, dedicada a artigos de pesca desportiva, vai realizar-se entre 3 e 5 de março. Conheça o programa.

Go Fishing realiza mais um workshop em Almada

A Go Fishing vai realizar mais um workshop. O mesmo será realizado dia 20 de maio na Go Fishing, em Almada, e a temática será a pesca aos safios, abróteas e polvos.

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário