Após a pesca do tubarão em Sesimbra, Polícia Marítima diz não haver perigo para banhistas

Após a pesca do tubarão em Sesimbra, Polícia Marítima diz não haver perigo para banhistas

Depois da divulgação da notícia do tubarão anequim pescado em Sesimbra, a Polícia Marítima veio acalmar a população, dizendo que não há perigo para os banhistas.

Esta semana foi pescado um tubarão anequim, como noticiámos aqui, na costa de Sesimbra. A população ficou em alerta e preocupada.

Segundo o Jornal de Notícias, o comandante da Polícia Marítima de Setúbal, Luís Nicholson, diz que este é um fenómeno muito raro e que “o tubarão pode-se ter desviado do seu rumo normal e daí ter vindo parar ao largo de Sesimbra”.

Ainda assim, “é preciso ter em conta que um animal com esta envergadura é já bastante perigoso, mas não é certo que se aproxime da costa, por isso não há grande alarmismo para os banhistas, apenas para os pescadores que têm que ter cuidado na altura em que o pescam”, tranquiliza o comandante.

Fonte: Jornal de Notícias

Artigos relacionados

Póvoa de Varzim | Pescadores alertam para perigo no porto de pesca

A Associação Pró Maior Segurança dos Homens do Mar (APMSHM) considera que a situação da barra do porto de pesca da Póvoa de Varzim é muito perigosa.

Espinho | Agitação marítima põe a descoberto armadilha de pesca do séc. II a.c

Foi encontrada na Praia Pau da Manobra, em Espinho, uma armadilha de pesca, atribuída ao século II a.C.

Pescadores querem aumentar o número de capturas de sardinha

A Associação de pescadores portugueses quer aumentar a captura de sardinhas, a dividir entre Portugal e Espanha, passando das atuais 14,6 toneladas para entre 20 e 25 mil toneladas.

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário