Espinho | Agitação marítima põe a descoberto armadilha de pesca do séc. II a.c

Foi encontrada na Praia Pau da Manobra, em Espinho, uma armadilha de pesca, atribuída ao século II a.C.

imageSegundo o Diário de Notícias, Joaquim Sá, chefe da Divisão de Ambiente da Câmara Municipal de Espinho, diz que “Os vestígios da armadilha ficaram à vista e, como pertencem ao mesmo grupo de estruturas que já descobrimos no local em 1989 e que na altura foram sujeitas a testes científicos, sabemos que são do século II a.C., do tempo dos romanos”.

A estrutura terá sido construída em madeira e vime, destinando-se a permitir a apanha de peixe através de um sistema de onde esse, uma vez lá entrando, não conseguisse sair. Esta estrutura foi sendo escondida pela deposição de areias ao longo dos séculos, contudo, a a agitação marítima da semana passada deixou parte da peça novamente exposta, pois retirou bastante areal da praia.

Segundo o Joaquim Sá, a armadilha irá permanecer no local, mas deverá ser novamente oculta pela areia, pois “Não é estrutura que se possa retirar de lá para exposição”.

Fonte: Diário de Notícias

Artigos relacionados

Ilhas Seicheles | Drone autónomo prepara-se para combater pesca ilegal

Em outubro, vai arrancar um programa-piloto que irá monitorizar e identificar barcos em águas protegidas, com o intuito de combater a pesca ilegal.

Braga | Milhares de peixes mortos no rio Este

Entre o complexo das piscinas e a Avenida da Liberdade, em Braga, apareceram milhares de peixes mortos.

Pesca desportiva é cada vez menos invasiva para o ambiente

A pesca desportiva é cada vez menos invasiva para o meio ambiente, devido às preocupações crescentes que os atletas têm tido.

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário