Feira do Mar 2018 em Sines

Feira do Mar 2018 em Sines

Apesar de não serem precisos pretextos para passar um dia à beira-mar, a organização de um evento com várias valências, capaz de agradar a diversos tipos de público, é sempre um bom motivo para voltar a Sines. A proposta chama-se Feira do Mar 2018, feira que já vai na sua terceira edição e, como o nome indica, é uma iniciativa – realizada em conjunto pelo Sines Tecnopolo e a Câmara Municipal de Sines – que tem como objetivo divulgar os aspetos mais relevantes da chamada Economia do Mar.

primage_23199

Nos dias 15, 16 e 17 de Junho não vão faltar bons motivos para ir até Sines. A oportunidade de visitar o farol ou a lota de Sines, de fazer um batismo de paddle ou mergulho, de praticar zumba ou yoga na praia, de observar animais, algas e esculturas à beira-mar.

Numa outra perspetiva – igualmente lúdica – realizar-se-á, na Avenida Vasco da Gama, uma mostra com a presença dos principais intervenientes (empresas, entidades, privados) ligados à Economia do Mar com destaque para os produtos gastronómicos regionais, alguns dos quais apresentados em momentos de showcooking patrocinados pela Docapesca.

Numa vertente mais académica, há que referir a realização, no dia 15 de Junho, de uma conferência com o tema “Inovar e Criar para Empreender na Economia do Mar”, onde serão abordados temas fundamentais do setor por um grupo de oradores experientes na área e será lançado o concurso do projeto Platicemar.

Participar na Feira do Mar 2018 – seja por motivos de lazer, negócio ou meramente social – e revisitar a cidade de Sines. Um programa interessante e rico para o fim de semana que antecede a chegada do verão.

Programa e atividades previstas: www.feiradomar.org

Artigos relacionados

Soluções de pesca: fugir ao convencional…

Alguns pesqueiros da nossa costa permitem apenas que se consiga pescar à boia um curto número de horas antes e depois da maré cheia…

Tribunal impede ENI/Galp de fazer prospeção de petróleo ao largo de Aljezur

A ENI/Galp está impossibilitada de realizar trabalhos de prospeção de petróleo ou gás, ao largo de Aljezur, depois de o Tribunal Administrativo de Loulé ter dado razão à contestação que a Plataforma Algarve Livre de Petróleo (PALP) entregou no dia 24 de Maio.

Cientistas recomendam suspensão da pesca da sardinha em 2019

Segundo um parecer do Conselho Internacional para a Exploração do Mar (CIEM), a pesca da sardinha deveria ser suspensa em 2019 na costa atlântica de Portugal e Espanha, tendo em conta a diminuição do stock verificada nos últimos anos.

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário