Graciosa | Iniciativa “Pesca na Ilha” promove algas e peixe seco

Durante o Festival Ilha Branca, na Graciosa (Açores), promoveu-se e valorizou-se produtos de pesca, nomeadamente, as algas e o peixe seco.

33008

De acordo com o Açoriano Oriental, Luís Rodrigues, diretor regional das Pescas disse que “as medidas de desenvolvimento local de base comunitária devem constituir uma oportunidade para a criação de rendimento complementar à pesca nos Açores. A apanha de algas e a secagem de peixe são tradições que têm vindo a ser recuperadas pela Associação de Pescadores Graciosenses, com apoio da Direção Regional das Pescas”.

Luís Rodrigues destaca a importância da pesca na economia, dizendo que “A economia da pesca é muito influenciada por tendências observadas ao nível do emprego e do desenvolvimento nas comunidades costeiras, designadamente a emergência de novos setores que oferecem oportunidades de reconversão ou diversificação de rendimento. Os agentes do setor das pescas devem aproveitar as novas oportunidades proporcionadas pelos apoios comunitários à comercialização dos produtos da pesca e os novos incentivos à criação de unidades de processamento de pescado. No caso da Graciosa, estes apoios são particularmente interessantes no que respeita às algas e ao peixe seco”.

Fonte:  Açoriano Oriental

Artigos relacionados

Pisões: Arco-íris monstruosa!

A fechar o ano de 2016 realizou-se o Convívio do Trutas.PT e do TFC (Torres Fishing Challenge) 2016. Um “dois em um” numa iniciativa inédita que juntou 17 pescadores de trutas de topo numa das barragens mais míticas para a pesca de grandes predadores na zona do Gerês: Pisões.

“A Pesca vai à Escola” em Oleiros no dia 18 de maio

Na linha dos objetivos da ARC Oleiros, não podemos deixar de destacar a importância da sensibilização dos jovens para as atividades desportivas.

Após a pesca do tubarão em Sesimbra, Polícia Marítima diz não haver perigo para banhistas

Depois da divulgação da notícia do tubarão anequim pescado em Sesimbra, a Polícia Marítima veio acalmar a população, dizendo que não há perigo para os banhistas.

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário