João Pardal voa mais alto!

João Pardal voa mais alto!

A seleção lusa de pesca em barco fundeado participou na 52.ª edição do Mundial da disciplina que este ano se disputou nos mares de Tivat, Montenegro. A presença de peixe em águas montenegrinas foi muito fraca e a dimensão do pescado era miniatural, exigindo da nossa comitiva uma adaptação que nem sempre foi a mais fácil.

As montagens passaram de compridas a curtas e apoiadas no fundo, algo que se veio a revelar desastroso no decorrer do campeonato, que por si só foi ditado em certa medida pela sorte de cada pescador apanhar um peixe acima da média.

No meio de uma prestação fraca por parte dos nossos atletas em termos coletivos que se traduziu num 11.º posto da geral, de enaltecer a prestação individual do jovem atleta de Albufeira João Pardal, que à custa de uma calma inabalável, regularidade, muita concentração e sobretudo espírito de adaptação ao longo das três mãos, arrecadou o vice-campeonato, tendo inclusivamente vencido o italiano Paolo Volpini, alma gémea do lendário Volpi.

De referir o espírito de camaradagem da nossa comitiva, algo que já vem sendo apanágio nesta modalidade de pesca embarcada. Para o ano é na Croácia…

Leia toda a reportagem na próxima edição de novembro da "Mundo da Pesca" - N.º 189

Artigos relacionados

DGRM | Novas regras para carta de Navegador de Recreio

O novo modelo de carta de Navegador de Recreio, terá como objetivo garantir a utilização das novas soluções tecnológicas e desmaterialização de procedimentos.

Detetive de bivalves desenvolvido na Universidade de Aveiro

Uma equipa de biólogos da Universidade de Aveiro (UA) descobriu ser possível confirmar exatamente a origem geográfica dos organismos comercializados.

Já chegou a edição de dezembro da revista “Mundo da Pesca”

Quer ficar a conhecer truques para apanhar mais douradas de barco? Isso e muito mais na N.º 190, com reportagens, entrevistas e opinião.

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário