Nauticampo com a 49.ª edição entre 4 e 8 de abril na FIL

A 49.ª edição da Nauticampo realiza-se de 4 a 8 de abril, com um vasto leque de oferta de produtos, serviços e destinos a que todos os amantes da natureza têm direito.

O Salão Internacional de Navegação de Recreio, Desporto, Aventura, Caravanismo e Piscinas duplicou o seu espaço exposicional este ano, com dois pavilhões dedicados à náutica, ao campismo e ao autocaravanismo, contando este com uma novidade, o “Outdoor Aventura Village”, uma área onde os visitantes podem encontrar ofertas de experiências de sonho e escolher os melhores locais onde praticar modalidades de aventura.

Se quiser adquirir uma embarcação de recreio, na Nauticampo há sempre duas opções: as novas e as usadas. Além disso, pode ver a primeira embarcação electro-solar fabricada em série em Portugal. Na Nauticampo pode encontrar também bóias de salvação e equipamentos de mergulho.

Pode também descobrir as últimas novidades da modalidade. Haverá igualmente um leque de ofertas de parques de campismo de norte a sul do país. Além disso, pode ver a carrinha cujo tejadilho abre e forma uma cama, assim como as Casas do Ambiente, casas de madeira, um conceito moderno e ecológico para quem pretende viver em harmonia com a Natureza.

A Federação Portuguesa de Atividades Subaquáticas organiza o Batismo de Mergulho, numa piscina montada especialmente para o efeito. Com um bónus: pode tirar fotografias debaixo de água! Pode ainda descobrir os melhores sítios para surf, rafting, canoagem, entre outros. Tudo isso no novo espaço da feira: o “Outdoor Aventura Village”.

Artigos relacionados

Vídeo inédito mostra processo de acasalamento dos peixes Caulophryne jordani

Um peixe fêmea Caulophryne jordani, da ordem dos Lophiiformes (a mesma do tamboril), foi pela primeira vez filmado em processo de acasalamento.

Campeonato Nacional de Clubes de Feeder já arrancou no passado fim de semana

O Campeonato Nacional de Clubes de Feeder já arrancou no passado fim de semana tendo as duas primeiras mãos sido disputadas na ribeira de Raia, mais precisamente na Pista de Cabeção.

Oceanos mais Ácidos provocam Perda de Olfato nos Peixes

Os peixes estão a perder capacidade olfativa devido à acidificação dos oceanos causada pelo aumento do dióxido de carbono na atmosfera.

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário