Polícia Marítima apreende duas toneladas de corvina no rio Tejo

Polícia Marítima apreende duas toneladas de corvina no rio Tejo

A Polícia Marítima apreendeu esta quarta-feira, 19 de abril, duas toneladas de corvina no rio Tejo. Foram duas embarcações de pesca que operavam em conjunto em zona proibida, entre Santa Apolónia e Poço de Bispo.

As duas embarcações e o pescado foram apreendidos como medida cautelar, ficando o montante da venda das corvinas cativo à ordem do processo, avaliado em cerca de 10.000,00 euros.

Esta ação policial marítima, dirigida à captura ilegal de corvina com artes e métodos ilegais, foi precedida de ações de vigilância e de recolha de informação por parte do Serviço de Investigação Criminal do Comando Regional da Polícia Marítima do Centro.

Sendo esta a altura do ano em que ocorre a desova das corvinas, a captura ilegal por parte dos profissionais ou o excesso de captura por parte dos pescadores lúdicos, causa prejuízos ao desenvolvimento e preservação desta espécie.

 

Artigos relacionados

Tribunal impede ENI/Galp de fazer prospeção de petróleo ao largo de Aljezur

A ENI/Galp está impossibilitada de realizar trabalhos de prospeção de petróleo ou gás, ao largo de Aljezur, depois de o Tribunal Administrativo de Loulé ter dado razão à contestação que a Plataforma Algarve Livre de Petróleo (PALP) entregou no dia 24 de Maio.

Alerta à navegação: B.N.P. faz aviso sério!

O presidente da B.N.P., Ramon Menezes, enviou uma carta dirigida a todas as empresas ligadas à pesca desportiva com o intuito de prevenir cada uma delas das consequências que podem advir da revisão do Decreto-Lei Nº 565/99.

Algarve será ponto de partida para projeto de repovoamento de sardinha

A ministra do Mar Ana Paula Vitorino anunciou, na sexta-feira, dia 22 de setembro, em Leça da Palmeira, que está a ser desenvolvido um projeto que tem como objetivo o repovoamento da sardinha na costa portuguesa.

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário