Porto da Baleeira com novo cais flutuante de apoio à pesca

O Porto de Pesca Costeira da Baleeira, em Sagres, tem agora um cais flutuante de descarga, para apoio à pequena pesca.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Esta obra surge na sequência do concurso lançado pela Docapesca em Março, representando um investimento de 112.960 euros.

Segundo o Sul Informação, a Docapesca explica que o objetivo prende-se com a “melhoria das condições de segurança de pessoas e bens no embarque, atracação e acesso a embarcações nos portos de pesca da região algarvia”.

A nova estrutura tem dois elementos de plataforma de flutuação contínua em betão armado, com dimensões de 20 metros de comprimento, por quatro metros de largura, equipada com defensas horizontais e verticais, escada de emergência quebra-costas em aço inoxidável, armário de emergência e sistema de amarração com corrente metálica.

O acesso ao cais flutuante é proporcionado por uma ponte de acesso com dimensões de 20 metros de comprimento, por 1,5 metros de largura, ancorada a um maciço de betão armado.

Para manutenção de pequenas embarcações acostadas à plataforma, foram fixados cunhos de amarração nas laterais, em liga de alumínio fundido, com capacidade para cinco toneladas.

Fonte: Sul Informação

Artigos relacionados

Chile | Marinha salva baleia que ficou presa em redes de pesca

Os mergulhadores da Marinha do Chile resgataram uma baleia presa em redes de pesca, perto de Puerto Williams (Patagónia).

Algarve será ponto de partida para projeto de repovoamento de sardinha

A ministra do Mar Ana Paula Vitorino anunciou, na sexta-feira, dia 22 de setembro, em Leça da Palmeira, que está a ser desenvolvido um projeto que tem como objetivo o repovoamento da sardinha na costa portuguesa.

Alerta às populações de Vila Nova de Milfontes e Odemira este fim de semana

As populações de Odemira e Vila Nova de Milfontes vão ser alertadas sob forma de sessão de esclarecimento para os perigos sobre a exploração e prospeção de hidrocarbonetos ao largo do Alentejo.

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário