Soluções de pesca: fugir ao convencional…

Alguns pesqueiros da nossa costa permitem apenas que se consiga pescar à boia um curto número de horas antes e depois da maré cheia, ou seja, quando temos água suficiente para conseguirmos não só pescar mas também ter água suficiente para que o peixe entre e se mantenha na nossa zona de ação de pesca. Mas nem sempre é assim e Sérgio Tente explica como tirar partido disso.

Saiba mais na edição de abril da revista ‘Mundo da Pesca’, que já chegou às bancas!

destaque

Artigos relacionados

DGRM cria Sistema Nacional de Embarcação e Marítimos

A Direção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) melhorará a sua capacidade de resposta, através da criação do Sistema Nacional de Embarcação e Marítimos.

Três mil Golfinhos avistados a 40km da Costa Portuguesa

No passado dia 5 de julho, foram avistados mais de três mil golfinhos nas Rias Baixas, perto de Vigo, na Galiza.

Pesca Lúdica – Esboço da Portaria que revoga o defeso do Sargo no PNSACV não passará disso mesmo

Durante o primeiro semestre do ano em curso, as Câmaras Municipais da zona de intervenção do PNSACV, em parceria com as Associações representativas da Pesca Lúdica, discutiram, reuniram e refletiram

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário