Soluções de pesca: fugir ao convencional…

Alguns pesqueiros da nossa costa permitem apenas que se consiga pescar à boia um curto número de horas antes e depois da maré cheia, ou seja, quando temos água suficiente para conseguirmos não só pescar mas também ter água suficiente para que o peixe entre e se mantenha na nossa zona de ação de pesca. Mas nem sempre é assim e Sérgio Tente explica como tirar partido disso.

Saiba mais na edição de abril da revista ‘Mundo da Pesca’, que já chegou às bancas!

destaque

Artigos relacionados

Colóquio de Pesca em Odivelas

Está a decorrer, entre os dias 18 a 27 de maio, a semana dos desporto de Odivelas, uma organização do pelouro do desporto da Câmara Municipal de Odivelas.

FPPDAM organiza dois campeonatos do Mundo de Pesca em Barco Fundeado

No corrente ano, a FPPDAM irá organizar, nos mares de Setúbal, entre 15 e 22 de Setembro, dois campeonatos do Mundo de Pesca em Barco Fundeado.

Pescador de águas profundas divulga fotografias de espécies… que metem medo

Como são espécies de águas profundas, as suas características e fisionomia não são comuns, sendo por isso estranhas para a maioria das pessoas.

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário