Soluções de pesca: fugir ao convencional…

Alguns pesqueiros da nossa costa permitem apenas que se consiga pescar à boia um curto número de horas antes e depois da maré cheia, ou seja, quando temos água suficiente para conseguirmos não só pescar mas também ter água suficiente para que o peixe entre e se mantenha na nossa zona de ação de pesca. Mas nem sempre é assim e Sérgio Tente explica como tirar partido disso.

Saiba mais na edição de abril da revista ‘Mundo da Pesca’, que já chegou às bancas!

destaque

Artigos relacionados

Honda e Tohatsu: campanha “Deixámos o IVA em terra”

A GROW Portugal, representante oficial das marcas Honda Marine e Tohatsu Marine, deu início a uma campanha promocional.

Polícia Marítima apreende duas toneladas de corvina no rio Tejo

Foram duas embarcações de pesca que operavam em conjunto em zona proibida, entre Santa Apolónia e Poço de Bispo.

Slow Jigging na Feira de Setúbal

O Slow Jigging também vai ser promovida na próxima Feira de Setúbal.

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário