Workshop Go Fishing: valeu a pena!

Realizou-se no passado dia 16 de dezembro, pelas 14h30, nas instalações da Go Fishing, mais um workshop.

Estas iniciativas visam sobretudo atualizar informação, e de alguma forma ajudar a formar o novo pescador desportivo português: mais conhecedor, mais protetor do meio ambiente, mais respeitador das leis em vigor, em suma: mais evoluído.

Desta vez, em parceria com o Jigging Clube de Portugal, o tema “Jigging” foi desenvolvido por alguém que sabe muito do ofício: Luís Ramos.

Recentemente chegado de Angola, onde pesca diariamente como profissional, partilhou conhecimento, deu resposta a dúvidas e enriqueceu com a sua sabedoria uma plateia ávida de saber mais e mais.

Ao longo de 3 horas falou sobre particularidades das diversas técnicas englobadas no conceito de slow jigging, canas, carretos, linhas e amostras.

O Jigging Clube de Portugal esteve representado ao seu mais alto nível, através do seu presidente, Jorge Sousa, e do campeão nacional em título, Orlando Bento.

Artigos relacionados

Pesca Lúdica – Esboço da Portaria que revoga o defeso do Sargo no PNSACV não passará disso mesmo

Durante o primeiro semestre do ano em curso, as Câmaras Municipais da zona de intervenção do PNSACV, em parceria com as Associações representativas da Pesca Lúdica, discutiram, reuniram e refletiram

Aldeias do Xisto: Fouto e Rodrigues são virtuais campeões!

Finda a 5.ª prova do Aldeias do Xisto Challenge, circuito de pesca embarcada ao achigã, começa a definir-se a classificação final e feitas as contas.

Slow Jigging na Feira de Setúbal

O Slow Jigging também vai ser promovida na próxima Feira de Setúbal.

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário